EXTINTORES DE INCÊNDIO

sábado, 22 de março de 2014

Elide Fire

Bola Extintora de Incêndio


video



sexta-feira, 14 de março de 2014

Pesagem de Extintor

Discrepâncias

Quando há suspeita de perda de carga do gás carbônico...


... use a balança.
Neste caso houve perda de mais de 10 %  de carga.
O extintor deve ser recolhido para complemento de carga.


quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

SAFEHOME – EXTINTOR DE INCÊNDIO DOMÉSTICO



Equipamento de segurança doméstico para combate a princípios de incêndio, composto por um extintor e um suporte para parede e outras superfícies. Compacto, portátil, intuitivo, seguro e fácil de operar foi concebido para combinar esteticamente com os ambientes residenciais. Robustez e elementos característicos dos extintores tradicionais, como a cor vermelha e o pino de segurança, mesclam-se ao suporte e acabamentos em cores neutras. O principal desafio do projeto foi suprir a carência de extintores de incêndio específicos para uso residencial, para um público alvo heterogêneo, de adolescentes a idosos, em geral com preparo precário para a prevenção e combate a incêndios. Para utilizá-lo, basta retirar o extintor de seu suporte, remover o pino de segurança e apertar o botão de ignição. 

COMPOSIÇÃO: 

Extintor: recipiente em aço carbono e carenagem externa em alumínio extrudado; empunhadura e botão de ignição injetados em polipropileno, com carga de nanotubos de carbono e componentes do sistema de ignição. Suporte: produzido por injeção de polipropileno em duas partes unidas por encaixes.


















sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Kidult - Extintor Escultura


Extintor Toráxico

Inspirado em um extintor de incêndio, o polêmico artista (ou vândalo) francês Kidult, apresenta esta bela escultura dourada em forma de caixa toráxica.



Válvula para Extintor

Válvula para Extintor de Gás Carbônico

Essa é a tradicional válvula (gatilho) para extintores de alta pressão, no caso CO2.
Nela tem que vir sempre gravada o PC e PV.
Peso Cheio e Peso Vazio, que vai ser, no caso do extintor portátil, 6 (seis) quilos de carga de gás carbônico, a diferença entre os pesos.
Geralmente 12 kg vazio e 18 cheio.

Outro detalhe é o dispositivo de alívio de pressão.
Para evitar que em caso de sobre pressão o extintor venha a se deformar ou até mesmo explodir, a pressão será liberada.
Aí entra também a importância da pesagem semestral do extintor.
São aceitáveis 10% de perda de carga (5,4 kg).
Acima deste percentual de perda de carga, deverá ser recolhido para recarga. 


Extintor de Espuma Química


Antigo extintor de incêndio com carga de espuma química.
Produzida juntando-se soluções aquosas de sulfato de alumínio e bicarbonato de sódio, tendo o alcaçuz como estabilizador.
Virava-se o extintor de cabeça para baixo para ocorrer a reação interna e a espuma ser expelida. 




Sol e chuva...
Pura oxidação.



quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Dispositivo Anti Recuo "Quebra Jato"


Portaria INMETRO  n.º 005, de 05 de janeiro de 2011


5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS

5.4 Extintor de incêndio com carga de dióxido de carbono – CO

...

g) Verificar a colocação correta e adequada do dispositivo anti-recuo “quebra-jato”, principalmente 
no caso de substituição da mangueira, ou quanto ao seu dimensionamento em relação ao 
alojamento da conexão. 
Nota: O dispositivo anti-recuo “quebra-jato” não deve ser colocado na válvula de descarga, e 
também não deve ser colocado na extremidade da mangueira que vai conectada à válvula de 
descarga;

Quebra Jato

Sua presença no extintor de incêndio é garantia de segurança para quem for operá-lo. 
É ele que impede que ao acionar o gatilho (válvula), não haja recuo da mangueira em direção ao operador.
Lembre-se que estamos tratando de aproximados 150 kgf/cm2 de pressão.


Sua presença pode ser confirmada olhando por dentro do acessório chamado difusor. 


Portanto fique atento quando retornar o seu extintor de CO2 da manutenção. 


quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Guarda Roupa


Para quem acha que já viu tudo em extintores de incêndio...
...agora um cabidário.

Criatividade em Nome do Descaso


Criatividade em nome do Descaso

Enquanto isso, em um movimentadíssimo hospital do norte do Espírito Santo...
...pacientes espalhados pelo corredor é considerado normal.
Extintor de incêndio usado como suporte para soro, aí já é brincadeira.


Aonde vai parar a nossa "Saúde Pública"? 


quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Fogo na Roupa


Arrependida

Seria um ataque de fúria?
Bem, logo arrependeu-se e tenta apagar o fogo das roupas com extintor de incêndio...


quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Pintura de Extintores de Incêndio

Esmero, isso é  o  que se espera de uma empresa de manutenção em extintores de incêndio.
Vejam fotos abaixo que comprovam a falta de inspeção final ou órgão da empresa responsável pela qualidade do serviço final.





Aqui até o manômetro foi pintado.
O que dizer do anel de identificação (abaixo da válvula do extintor), que era para ser verde...tome tinta nele!!! 


Falta de clareza nas informações para identificar a data do reteste e do número de fabricação (série) do extintor.
Pintura com retoques em tons de vermelhos distintos...


Base do extintor com ferrugem.
É muita destruição para um extintor de apenas 6 anos de uso, que sofreu apenas um teste hidrostático.


Todo cuidado é pouco.
Inspecionem e visitem as empresas que prestam serviços de manutenção para você.
Não aceite qualquer serviço.
Confira sempre o lote de retorno da manutenção.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Extintor de Incêndio para Classe "K"



Incêndios que envolvem meios usados para cozinhar, como óleo de cozinha, gordura e a banha, já por algum tempo, têm sido o principal fator de danos materiais, tendo provocado vítimas fatais ou não.
Com o tempo, a evolução e a alta eficiência dos equipamentos de cozinhas industriais e comerciais, somadas ao uso de óleos não saturados e a altas temperaturas contribuíram para o aumento significativo dos riscos de incêndios mais fortes, o que forçou à criação de uma nova classificação para incêndios, como os desse tipo: a classe K de incêndios.
Se compararmos com líquidos inflamáveis, veremos que incêndios em cozinhas industriais e fritadeiras, em particular, são unicamente diferentes e bem mais difíceis de apagar, o que ajudou na criação dessa nova categoria de incêndios. Nesse caso, a extinção do fogo se dá porque todo o meio de cozinhar, animal ou vegetal, líquido ou sólido, que possa provocar o início de um incêndio, contém um certo nível de gordura saturada que, ao entrar em contato com um agente extintor de base alcalina (como o extintor classe K), à altas temperaturas, provoca uma reação, chamada de saponificação. Essa reação forma uma espuma, que consegue abafar o fogo e conter os vapores inflamáveis e o combustível quente.
A Bucka desenvolveu o agente úmido (wetting agent) de classe K, batizado de Komet-K. Este agente, ao ser aplicado com uma névoa fina, apresenta a vantagem de poder resfriar o meio de cozimento e, assim, abaixar a temperatura, tornando-se o agente Komet-K mais eficiente, para combater esse tipo de incêndio.
Os extintores de classe K ainda são reconhecidos como os mais eficientes para a proteção de operações de cozinhas industriais, e são altamente recomendados por normas internacionais, como a NFPA 10, desde de sua versão do ano de 1998.
A Bucka oferece o extintor classe K, na versão portátil modelo MPK-6, com carga de seis litros. Veja o link abaixo para mais informações:
Além disso, para proteção automática, a Bucka desenvolveu o sistema classe K VELOZ. Este sistema, indicado para cozinhas profissionais, atua automaticamente através de detectores de temperatura ou manualmente pelo operador. A proteção com o sistema VELOZ abrange tanto a coifa quanto o duto, dispensando o uso do CO2 para esta aplicação. Este sistema é fornecido com cilindros em aço inox carregados com 15 ou 23 litros de agente Komet-K.
Vale lembrar que o uso do CO2 para proteção da coifa é vedado pela norma NBR 14518  - item 5.5.4.1.6. e a IT 38/2004 do Corpo de Bombeiros do estado de São Paulo.
Para mais detalhes sobre o sistema VELOZ® com agente químico saponificante úmido acesse o link:

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Capacidade Extintora



Capacidade extintora


Capacidade Extintora: Conforme o item 3.1 da NBR 12.693/2010, capacidade extintora é a medida do poder de extinção de fogo de um extintor de incêndio, obtida em ensaio prático normalizado.

            A capacidade extintora é facilmente localizada nos rótulos dos extintores de incêndio, onde o numeral corresponde a um dos graus atribuidos a capacidade que o agente possui de extinguir o fogo. Já a letra imediatamente seguinte, corresponde a classe de incêndio a que o agente se destina, podendo ser A, B, C ou a combinação de duas ou mais classes de incêndio.
            Exemplo:
Capacidade extintora 2A:10B:C

           Refere-se a um extintor de incêndio capaz de combater incêndios de classes A, B e C e que possui uma capacidade extintora de grau 2 para incêndios de classe A e de grau 10 para incêndios de classe B.




Relação entre Carga e Capacidade Extintora:

          Abaixo é apresentado uma tabela estimativa de equivalência entre carga e capacidade extintora de extintores de incêndio, quando este não é declarado pelo fabricante. Cabe salientar que existem extintores com pouca carga, porem com grande capacidade extintora, por exemplo, pó para extinção de incêndio (PEI) ABC a base de Fosfato Monoamônico de 2,3Kg de carga e 2A:40B:C de capacidade extintora, que equivalem a um extintor de água de 10L e um extintor de PEI BC de 100 Kg.

Tabela C-1 da NBR 12.693/2010
AGENTE EXTINTOR
CARGA
CAPACIDADE EXTINTORA EQUIVALENTE
ÁGUA
10 L
2A
75 L
10A
150 L
20A
ESPUMA MECÂNICA
09 L
2A:10B
GÁS CARBÔNICO
04 Kg
2B
06 Kg
2B
10 Kg
5B
25 Kg
10B
30 Kg
10B
50 Kg
10B
PÓ A BASE DE
BICARBONATO DE SÓDIO
01 Kg
2B
02 Kg
2B
04 Kg
10B
06 Kg
10B
08 Kg
10B
12 Kg
20B
20 Kg
20B
50 Kg
30B
100 Kg
40B
HIDROCARBONETOS HALOGENADOS
01 Kg
2B
02 Kg
5B
2,5 Kg
10B
04 Kg
10B


Fique Atento:


Baseada na informação acima sobre capacidade extintora, confira abaixo se e o rótulo do extintor  está correto. Se sim ou não, por que? Lembre-se que se trata de um extintor de carga de pó químico 12 kg.



domingo, 12 de maio de 2013

Manutenção de Extintores

Inspeção e Manutenção

Vejam o que acontece quando os extintores de incêndio não são inspecionados periodicamente.